Postagens do blog antigo [Abril/2009]

Chatisse crônica

Após todo esse tempo tentando compreender a mim mesma, eu cheguei à conclusão de que eu sou uma chata. É, uma chata que gosta de ser chata e que não pretende mudar. Eu concluí isso ao prestar atenção na maioria das pessoas da minha idade e constatar que, eu sou diferente deles. Eu fico sempre meio “fora do contexto” quando estou com essas pessoas porque, eu não vejo graça nas piadas e nas brincadeiras infantis, eu gosto de conversar sobre coisas que, para a maioria, não tem a menor graça e, sei lá, acho que estou ficando velha. Só isso. Mas, eu preciso respeitar a mim mesma e procurar um lugar onde eu me sinta bem, onde eu me sinta parte. Pessoas iguais a mim…

 

Olhai por esta gente tão sofrida que padece com a fome, com a miséria e com os males deste mundo. Olhai por este povo que, mesmo tendo tão pouco ainda divide com o próximo. Olhai por esse povo que batalha por seus direitos e que, mesmo assim, ainda mantêm o sorriso no rosto.

 

Hoje eu só quero pensar em mim

Existem momentos em que o nosso corpo, a nossa alma e todo o resto imploram por um pouco de atenção, um pouco de cuidado. A loucura da tão sonhada “vida moderna” nos impede de enxergar quantas coisas estamos perdendo, quanto tempo estamos desperdiçando com futilidades.

Hoje eu só preciso de um pouco de paz. Um momento comigo mesma, com meus livros, meus CD’s e com o silêncio.

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: