Sobre coisas&caráter

Durante grande parte do dia de hoje, conversei com um amigo meu. Falamos varias coisas, mas acho que uma das mais importantes foi sobre como não devemos mudar o que somos para agradar outras pessoas. Na verdade, acho que eu já aprendi essa lição, pois desde o meu ultimo relacionamento tenho me dedicado ao autoconhecimento e a me respeitar cada vez mais, porém, cheguei à outra questão: e quando descobrimos que o nosso jeito de ser, não é o melhor que podemos ser? Estamos sempre querendo modificar os outros, moldá-los a nosso gosto… Acredito que isso seja um tanto de comodismo e medo, porque mudar a nós mesmos é uma tarefa bem complicada e exige paciência e força de vontade.

Tenho pensado no que sou, já faz um tempo. Algumas pendências sei que já consegui resolver, mas o que eu considerava uma qualidade, tem se mostrado um grande defeito… Eu não posso ter um coração tão mole assim, não dá pra resolver todos os problemas do mundo, pois eu acabo deixando tudo inacabado, me estressando e machucando.

Mais uma vez eu estou me sentindo arrependida por ter baixado a guarda, por ter acreditado em coisas que eu mesma inventei, mas decidi que dessa vez vai ser diferente. Chega de me deixar desanimar com certas coisas porque, eu sou uma pessoa privilegiada. Tenho uma família que, mesmo imperfeita, se torna perfeita aos olhos meus. Tenho poucos amigos, mas tão sinceros e presentes que às vezes nem sei se mereço tanto. Tenho um cachorro especial, que me dá uma lição de moral por dia, vencendo todas as dificuldades sempre com tanta felicidade e vontade. Isso sem falar nas outras duas cachorrinhas velhinhas e pentelhinhas que me alegram os dias.

Outra coisa sobre a qual falamos, (e ainda estamos falando), é o caráter. Eu sou da opinião de que ele nasce com a gente, independente de tudo. Uma pessoa pode ter sido amada a vida toda, mas ter um coração pobre; enquanto outra que não teve carinho algum, pode ter um coração maior do que ela mesma. Claro, concordo que elementos externos têm uma grande influência, mas acho que não se pode tirar a responsabilidade do próprio individuo.

Como diz uma música do Capital Inicial (com a qual me emociono bastante): “Vamos comemorar! Não fique triste, um novo dia sempre existe”. O mais incrível da vida é essa possibilidade de recomeço que existe a cada novo dia, cada minuto. Cada um tem a escolha de fazer valer à pena. Eu não posso te obrigar a tentar ser feliz, mas posso dizer que, desistir nunca vai ser o melhor caminho.

Fernando, obrigada por me apoiar e inspirar.

Anúncios
  1. aaahh, que isso.. vcê tbém me inspira bastante ^^
    Mas, os amigos estão aqui pra isso! Juntos nas horas boas mas, principalmente, nas horas não tão boas assim. Você possui amizades de ouro Déka. Tanto na faculdade quanto no âmbiente profissional ou pessoal. Valorize cada uma delas, as que vcê sente que realmente deva ser valorizado. Elas serão para sempre.

    Abraços fortes,
    Fê =)

    • Junior Pontes
    • 28 de fevereiro de 2011

    muito bom este texto seu Déka…

    bem reflexivo e bem espontaneo…

    naum tem como naum se emocionar
    e sentir o grito q ecoa da sua alma…

    e realmente vc é especial…
    pra sempre

    =D

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: